26 termos, de A a Z, que você precisa saber sobre finanças

porFernando Pinheiro

26 termos, de A a Z, que você precisa saber sobre finanças34 min read

São diversos termos específicos que giram em torno do mundo das finanças, muitos deles não são familiares para quem está iniciando neste universo. preparamos uma lista de A a Z para você avançar de nível em Finanças.

Índice dos termos em ordem alfabética:

A – O que é um ativo?
B – O que é um balanço patrimonial?
C – O que é colateral – garantia?
D – O que é debenture?
E – O que é EBITDA?
F – O que significa FAANG?
G – O que é Game Teory/Teoria do jogo?
H – O que é um Hedge Found/Fundo Edge?
I – O que é Infação?
J – O que é Joint Venture?
K – O que é Knowledge Process Outsourcing (KPO)?
L – O que é Laissez – faire?
M – O que é um Market Maker?
N – O que significa Nikkei?
O – O que são opções?
P – O que é Pip?
Q – O que é  Qualidade de Vida?
R – O que significa risco, em finanças?
S – O que são as Small Caps?
T – O que é um Theter (USDT)?
U- O que significa USD?
V- O que é  Value Investing?
W – O que é World Economic Forum?
X- O que é XRT?
Y- O que é  Yield/Rendimento?
Z – O que é Zona de Suporte?


Letra A (1/26)
Ativo
O que é um ativo?

Em finanças, um ativo é um recurso com valor econômico que um indivíduo, empresa ou país possui ou controla com a expectativa de que proporcionará um benefício futuro. Os ativos são reportados no balanço da empresa e são comprados ou criados para aumentar o valor da empresa ou beneficiar as operações da empresa. Um ativo pode ser pensado como algo que, no futuro, pode gerar fluxo de caixa, reduzir despesas ou melhorar as vendas, independentemente de ser um equipamento de fabricação ou uma patente.

Benefícios de possuir um ativo

Um ativo é um recurso com valor econômico que um indivíduo, empresa ou país possui ou controla com a expectativa de que proporcionará um benefício futuro. Os ativos são relatados no balanço patrimonial da empresa e são comprados ou criados para aumentar o valor da empresa ou beneficiar as operações da empresa.

Um ativo pode ser pensado como algo que, no futuro, pode gerar fluxo de caixa, reduzir despesas ou melhorar as vendas, independentemente de ser um equipamento de fabricação ou uma patente.

Exemplos de caso

Para obter melhoria financeira, você precisa possuir ações as quais se valorizem ao longo do tempo, na sua corretora de investimentos ou criptoativos em sua exchange preferida.


Letra B (2/26)
Balanço Patrimonial
O que é um balanço patrimonial?

Em finanças e contabilidade, um balanço é uma demonstração financeira que relata os ativos, passivos e patrimônio líquido de uma empresa em um momento específico e fornece uma base para calcular as taxas de retorno e avaliar sua estrutura de capital . É uma demonstração financeira que mostra o que uma empresa possui e deve, bem como o valor investido pelos acionistas.

VANTAGENS DE UTILIZAR BALANÇO PATRIMONIAL

Um balanço é uma demonstração financeira que relata os ativos, passivos e patrimônio líquido de uma empresa.
O balanço é um dos três (demonstração de resultados e demonstração de fluxos de caixa sendo as outras duas) demonstrações financeiras básicas usadas para avaliar um negócio.

O balanço é um instantâneo, representando a situação das finanças de uma empresa (o que ela possui e deve) na data de publicação.Os analistas fundamentais usam balanços, em conjunto com outras demonstrações financeiras, para calcular os índices financeiros.

Exemplos de uso

Você pode e deve usar uma espécie de balança patrimonial a nível pessoal, demonstrando entradas e saídas de capital, como um fluxo de caixa. 


Letra C (3/26)
Colateral / Garantia
O que é colateral (garantia)?

O termo garantia refere-se a um ativo que um credor aceita como garantia de um empréstimo. As garantias podem assumir a forma de bens imóveis ou outros tipos de ativos, dependendo da finalidade do empréstimo. A garantia atua como uma forma de proteção para o credor. Ou seja, se o mutuário padrões em seus pagamentos de empréstimo, o credor pode aproveitar a garantia e vendê-lo para recuperar parte ou a totalidade de suas perdas.

PRINCIPAIS VANTAGENS

A garantia é um item de valor usado para garantir um empréstimo.
A garantia minimiza o risco para os credores.
Se um tomador de empréstimo não pagar o empréstimo, o credor pode confiscar a garantia e vendê-la para recuperar suas perdas.
As hipotecas e os empréstimos para automóveis são dois tipos de empréstimos garantidos.
Outros ativos pessoais, como poupança ou conta de investimento, podem ser usados ​​para garantir um empréstimo pessoal garantido.

Exemplo de caso

Há traders experientes que conseguem melhoria financeira quando operam no Day trade, geralmente precisam de um valor de margem para garantir que as aplicações alavancadas serão cobertas, quando o mercado toma direção contrária do esperado. Também o mercado de future trading, isto é, operação alavancada com ativos futuros requer margem mínima, em geral, uma pequena fração do ativo, menos de 5% do principal investido.


Letra D (4/26)
Debênture
O que é uma debênture?

Uma debênture é um tipo de título ou outro instrumento de dívida não garantido pelo fundo garantidor de crédito, justamente pelo risco maior, geralmente tem retorno acima da Selic, elas devem contar com a qualidade de crédito e a reputação do emissor para suporte. Tanto empresas quanto governos freqüentemente emitem debêntures para levantar capital ou fundos.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Uma debênture é um tipo de instrumento de dívida que não tem garantia e geralmente tem prazo superior a 10 anos.
As debêntures são garantidas apenas pela qualidade de crédito e reputação do emissor.
Algumas debêntures podem ser convertidas em ações, enquanto outras não.

Exemplo de caso

Neste site da Ambima podemos ver uma lista de debêntures, prazos para emissão, empresa emissora e remuneração.


Letra E (5/26)
EBITDA
O que é EBITDA?

No assunto de finanças, o lucro antes de juros, impostos e amortização (EBITA) é uma medida da lucratividade da empresa usada pelos investidores. É útil para a comparação de uma empresa com outra na mesma linha de negócios. Em alguns casos, também pode fornecer uma visão mais precisa do desempenho real da empresa ao longo do tempo.

Outra medida semelhante adiciona depreciação à lista de fatores a serem eliminados do total de rendimentos. Ou seja, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA).

PRINCIPAIS VANTAGENS

O EBITDA pode fornecer uma visão mais precisa do desempenho real de uma empresa ao longo do tempo.
O EBITDA remove vários fatores que podem distorcer a imagem do desempenho de uma empresa ao longo do tempo.
A medida também permite uma comparação mais fácil de uma empresa com outra do mesmo setor.

Casos de estudo

Investidores, buscando a melhoria financeira, na intenção de comprar uma determinada empresa, geralmente usam este fator a fim de verificar em quanto tempo terão o retorno do capital, uma vez que, por meio do cálculo do EBITDA podemos verificar o real fluxo de caixa da empresa, isto é, sua capacidade de gerar dinheiro ao longo do tempo.

Letra F (6/2)
FAANG
O que são estoques FANG?

Em finanças, a sigla “FANG” refere-se às ações de quatro empresas de tecnologia americanas proeminentes : Facebook ( FB ), Amazon ( AMZN ), Netflix ( NFLX ) e Alphabet ( GOOG ). Em 2017, a empresa Apple ( AAPL ) também foi incorporada, fazendo com que a sigla fosse reescrita como “FAANG”.

As ações da FANG são famosas pelo crescimento impressionante que mostraram nos últimos anos, com cada membro mais do que dobrando nos últimos cinco anos.

PRINCIPAIS VANTAGENS

O termo “FANG” refere-se às ações de quatro empresas de tecnologia americanas populares: Facebook, Amazon, Netflix e Alphabet.

Cada uma das empresas FANG apresentou um crescimento extraordinário nos últimos anos, refletido tanto em suas receitas quanto em seus lucros líquidos.

Embora seus modelos de negócios variem, cada um deles compartilha o uso de tecnologias avançadas para adquirir e reter usuários.

Estudo de caso

Nos últimos 30 dias, aproximadamente, este conjunto de ações (FAANG) Teve valorização de 11%, saindo de 4350 dólares para 4838.

 


letra G (7/26)
Game Teory
O que é teoria dos jogos?

A teoria dos jogos é uma estrutura teórica para conceber situações sociais entre jogadores concorrentes. Em alguns aspectos, a teoria dos jogos é a ciência da estratégia, ou pelo menos a tomada de decisão ideal de atores independentes e concorrentes em um cenário estratégico.

Os principais pioneiros da teoria dos jogos foram o matemático John von Neumann e o economista Oskar Morgenstern na década de 1940. 1 O matemático John Nash é considerado por muitos como a primeira extensão significativa do trabalho de von Neumann e Morgenstern. 2

PRINCIPAIS VANTAGENS

A teoria dos jogos é uma estrutura teórica para conceber situações sociais entre jogadores concorrentes e produzir a tomada de decisão ideal de atores independentes e concorrentes em um cenário estratégico.
Usando a teoria dos jogos, cenários do mundo real para situações como concorrência de preços e lançamento de produtos (e muitos mais) podem ser definidos e seus resultados previstos.
Os cenários incluem o dilema do prisioneiro e o jogo do ditador, entre muitos outros.

Estudos de caso

Quando aplicado à criptomoedas, o modelo de teoria dos jogos tem uma importante função sendo usado para desenvolver um sistema econômico seguro e confiável, tal como o Bitcoin. A criação do mesmo como um sistema Byzantine Fault Tolerance (BFT) é o resultado de uma mistura harmoniosa entre criptografia e teoria dos jogos.

Os atores, neste contexto, tentam burlar o sistema tentando validar ou gerar um novo bloco com peças ou unidades de blockchain, Bitcoin por exemplo, mas são impedidas por um sistema conhecido por prova de trabalho, que valida um bloco somente se houver várias confirmações da rede que este novo bloco é válido. Para participar ou entrar no jogo é preciso, no caso, ser criador de blocos ou receber um pedaço deste bloco por outro agente válido, o que se dá quando se compra o ativo, no caso, trocando real ou dólar por Bitcoin.


Letra H (8/26)
Hedge Found
O que é um fundo de hedge?

Buscando melhoria financeira, os fundos de hedge se tornaram investimentos alternativos que usam  fundos comuns  que empregam diferentes estratégias para obter retornos ativos, ou alfa, para seus investidores. Os fundos de hedge podem ser administrados de forma agressiva ou fazer uso de  derivativos  e alavancagem nos mercados doméstico e internacional com o objetivo de gerar retornos elevados (em um sentido absoluto ou sobre um benchmark de mercado especificado).

É importante observar que os fundos de hedge geralmente são acessíveis apenas a investidores credenciados. Um aspecto que diferencia a indústria de fundos de hedge é o fato de que os fundos de hedge enfrentam menos regulamentação do que os fundos mútuos e outros veículos de investimento. 1

PRINCIPAIS VANTAGENS

Os fundos de hedge são investimentos alternativos gerenciados ativamente que também podem utilizar estratégias de investimento ou classes de ativos não tradicionais.

Os fundos de hedge são mais caros em comparação com os fundos de investimento convencionais e muitas vezes restringem o investimento a investidores de alto patrimônio líquido ou outros investidores sofisticados.

O número de fundos de hedge teve uma curva de crescimento excepcional nos últimos 20 anos e também foi associado a várias controvérsias. Embora o desempenho dos fundos de hedge como superando o mercado tenha sido elogiado na década de 1990 e no início dos anos 2000, desde a crise financeira, muitos fundos de hedge tiveram um desempenho inferior (especialmente depois de taxas e impostos).

Estudo de caso

A lista dos cinco maiores Hedge funds do mundo, chegando a retornos maiores que 60% ao ano, são:

  1. Renaissance Technologies (Medallion fund)
  2. Bridgewater Associates
  3. Pershing Square
  4. Jana Partners
  5. Tiger Global Management


Letra I (9/26)
Inflação
O que é inflação?

A inflação é o declínio do poder de compra de uma determinada moeda ao longo do tempo. Uma estimativa quantitativa da taxa na qual ocorre o declínio do poder de compra pode ser refletida no aumento de um nível de preço médio de uma cesta de bens e serviços selecionados em uma economia durante algum período de tempo. O aumento no nível geral de preços, freqüentemente expresso em porcentagem, significa que uma unidade monetária efetivamente compra menos do que em períodos anteriores.
A inflação pode ser contrastada com a deflação , que ocorre quando o poder de compra da moeda aumenta e os preços diminuem.

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

A inflação é a taxa na qual o valor de uma moeda está caindo e, conseqüentemente, o nível geral de preços de bens e serviços está aumentando.
A inflação às vezes é classificada em três tipos: inflação puxada pela demanda, inflação impulsionada pelos custos e inflação embutida.

O índice de inflação mais comumente usado ​​é o Índice de Preços ao Consumidor (IPC).

A inflação pode ser vista positiva ou negativamente, dependendo do ponto de vista individual e da taxa de variação.

Aqueles com ativos tangíveis, como propriedades ou commodities estocadas, podem gostar de ver alguma inflação, pois isso aumenta o valor de seus ativos.

Pessoas com dinheiro em espécie podem não gostar da inflação, pois ela corrói o valor de seu caixa.

Idealmente, um nível ótimo de inflação é necessário para promover os gastos até certo ponto, em vez de poupar, alimentando assim o crescimento econômico.

Estudo de caso

Esta imagem traduz o poder de compra diminuindo ao longo do tempo por causa da inflação, vemos, portanto, a importância de escolher investimentos que superem a inflação, bem como poupar de forma consistente, para melhorar financeiramente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Letra J (10/26)
Joint Venture
O que é uma Joint Venture (JV)?

Uma joint venture (JV) é um acordo comercial no qual duas ou mais partes concordam em reunir seus recursos com o objetivo de realizar uma tarefa específica. Esta tarefa pode ser um novo projeto ou qualquer outra atividade empresarial.

Em uma joint venture (JV), cada um dos participantes é responsável pelos lucros , perdas e custos associados a ela. No entanto, o empreendimento é uma entidade própria, separada dos demais interesses comerciais dos participantes.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Uma joint venture (JV) é um acordo comercial no qual duas ou mais partes concordam em reunir seus recursos com o objetivo de realizar uma tarefa específica. Eles são uma parceria no sentido coloquial da palavra, mas podem assumir qualquer estrutura jurídica. Um uso comum de JVs é fazer parceria com uma empresa local para entrar em um mercado estrangeiro.

 

Estudo de caso

A Bunge e a BP PLC anunciaram nesta segunda-feira que chegaram a um acordo para criar uma joint venture de açúcar e bioenergia no Brasil com 50% de participação de cada empresa. A joint venture será chamada de BP Bunge Bioenergia, e vai operar 11 usinas com capacidade de moagem combinada de 32 milhões de toneladas por ano. “A joint venture terá a flexibilidade de produzir um mix de etanol e açúcar”, diz o comunicado. Também será possível gerar energia renovável do bagaço de cana-de-açúcar. (fonte: https://summitagro.estadao.com.br/


Letra K (11/26)
Knowledge Process Outsourcing (KPO)
O que é terceirização de processos de conhecimento (KPO)?

A terceirização do processo de conhecimento (KPO) é a  terceirização  das atividades de negócios centrais relacionadas à informação. O KPO envolve a contratação de trabalho para indivíduos que normalmente possuem diplomas avançados e experiência em uma área especializada.

O trabalho relacionado à informação pode ser realizado por trabalhadores de uma empresa diferente ou por uma subsidiária da mesma organização. A subsidiária pode estar no mesmo país ou em um local offshore para economizar custos ou outros recursos.

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

A terceirização do processo de conhecimento (KPO) contrata o trabalho baseado no conhecimento para especialistas qualificados no assunto. As empresas utilizam a KPO quando procuram conhecimento especializado e experiência e quando há escassez de profissionais qualificados em sua equipe.

Idealmente, as empresas procuram a KPO para obter simultaneamente uma força de trabalho altamente qualificada a um custo menor.

 

Exemplo de KPO

Alguns casos onde se pode verificar o KPO são:

  1. Pesquisa de negócios
  2. Terceirização de processos jurídicos
  3. Pesquisa de mercado
  4. Redação e Desenvolvimento de Conteúdo
  5. Design criativo
  6. Análise de dados
  7. Serviços de treinamento corporativo
  8. Soluções de educação e aprendizagem


Letra L (12/26)
Laissez-faire
O que é Laissez-faire

Laissez-faire é uma teoria econômica do século 18 que se opôs a qualquer intervenção governamental nos negócios. O princípio orientador por trás do laissez-faire, um termo francês que se traduz como “deixe em paz” (literalmente, “deixe você fazer”), é que quanto menos o governo estiver envolvido na economia, melhor será para os negócios, e por extensão , sociedade como um todo. A economia laissez-faire é uma parte fundamental do capitalismo de livre mercado .

PRINCIPAIS VANTAGENS

Laissez-faire é uma filosofia econômica do capitalismo de livre mercado que se opõe à intervenção governamental.

A teoria do laissez-faire foi desenvolvida pelos fisiocratas franceses durante o século 18 e acredita que o sucesso econômico é mais provável quanto menos os governos estiverem envolvidos nos negócios.

Mais tarde, economistas de livre mercado se basearam nas idéias do laissez-faire como um caminho para a prosperidade econômica, embora seus detratores o tenham criticado por promover a desigualdade.

Estudo de caso

Quesnay tinha confiança do rei francês Luís XV, persuadindo-o em 1754 para experimentar o laissez-faire. Em 17 de setembro do mesmo, o rei aboliu todos os pedágios e restrições à venda e transporte de grãos, e por mais de uma década, o experimento foi um sucesso. Porém, em 1768, houve uma queda na colheita, e o custo do pão aumentou tanto que acarretou numa fome generalizada, ao passo que comerciantes estavam exportando grãos para obter maior lucro. Em 1770, o decreto sobre o livre-comércio foi revogado, (Wikipedia).


Letra M (13/26)
Market Maker
O que é um formador de mercado (MM)?

Um formador de mercado (MM) é uma empresa ou indivíduo que cota ativamente os mercados bilaterais de um título, fornecendo lances e ofertas (conhecidos como pedidos ) junto com o tamanho do mercado de cada um.

Por exemplo, um formador de mercado em ações XYZ pode fornecer uma cotação de $0,90 – noventa centavos de dólares em determinada ação, mas, por um motivo qualquer, o emitente ou proprietário desta ação não quer que ela se desvalorize, quer que permaneça, portanto, a 1 dólar. Com isso, ele emite ordem de venda e compra ao mesmo tempo com alterações de $0,99 a 1 dólar, sem descer a $0,90, em grandes volumes. Isso faz com que o ativo não desça, já que os preços neste mercado são representações da oferta e demanda em tempo real.

Os formadores de mercado fornecem liquidez e profundidade aos mercados e lucram com a diferença no spread bid-ask . Os formadores de mercado também podem fazer negócios por conta própria, que são conhecidos como negócios principais.

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

Um formador de mercado é um participante individual do mercado ou firma membro de uma bolsa que também compra e vende títulos por conta própria, a preços que exibe no sistema de negociação de sua bolsa, com o objetivo principal de lucrar com o spread bid-ask, que é o valor pelo qual o preço de venda excede o preço de compra de um ativo de mercado.

O tipo mais comum de criador de mercado é uma corretora que fornece soluções de compra e venda para investidores em um esforço para manter a liquidez dos mercados financeiros.

Os formadores de mercado são compensados ​​pelo risco de deter ativos porque podem observar uma queda no valor de um título depois que ele foi comprado de um vendedor e antes de ser vendido a um comprador.

Estudo de caso

Atualmente os pequenos investidores podem dispor de robôs trading os quais fazem milhares de pedidos de ordem de compra e venda, a fim de manterem o preço de um determinado ativo estável ou pelo menos previsível, e serem recompensados por isso. Antes estas técnicas estavam disponíveis somente a bancos e corretoras.


Letra N (14/26)
Nikkei
O que é o Nikkei?

O Nikkei é a abreviatura de Nikkei 225 Stock Average do Japão, o principal e mais respeitado índice de ações japonesas. É um índice de preços ponderados composto por top 225 do Japão blue-chip empresas negociadas na Bolsa de Tóquio. O Nikkei é equivalente ao Índice Dow Jones Industrial Average (DJIA) dos Estados Unidos.

PRINCIPAIS VANTAGENS

O Nikkei é o principal índice de ações do Japão, composto pelas 225 principais ações de primeira linha do país.

O Nikkei é um índice ponderado por preços, o que significa que o índice é uma média dos preços das ações de todas as empresas listadas.

Algumas das empresas mais conhecidas listadas no Nikkei são Sony Corporation, Canon Inc, Nissan Motor Company e Honda Motor Company.

Outro índice de ações japonês é o Tokyo Price Index (ou TOPIX), que é um índice ponderado por capitalização que inclui todas as ações da Bolsa de Valores de Tóquio.

Estudo de caso

O índice NIKKEI 225 tem se valorizado aproximadamente 45% nos últimos 12 meses

 

Letra O (15/26)
Opções
O que é uma opção?

Opções são instrumentos financeiros que são derivados com base no valor dos títulos subjacentes, como ações. Um contrato de opções oferece ao comprador a oportunidade de comprar ou vender – dependendo do tipo de contrato que detém – o ativo subjacente. Ao contrário dos futuros , o detentor não é obrigado a comprar ou vender o ativo se assim decidir.

As opções de compra permitem que o titular compre o ativo a um preço determinado dentro de um período de tempo específico.

As opções de venda permitem que o detentor venda o ativo a um preço determinado dentro de um prazo específico.

Cada contrato de opção terá uma data de vencimento específica na qual o titular deverá exercer sua opção. O preço declarado de uma opção é conhecido como preço de exercício. As opções são normalmente compradas e vendidas por meio de corretores online ou de varejo .

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

As opções são derivados financeiros que dão aos compradores o direito, mas não a obrigação, de comprar ou vender um ativo subjacente a um preço e data acordados. As opções de compra e venda formam a base para uma ampla gama de estratégias de opções projetadas para hedge, receita ou especulação.

Embora existam muitas oportunidades de lucro com as opções, os investidores devem pesar cuidadosamente os riscos.

 

Estudo de caso

Na hipótese de acreditar que um determinado ativo possa subir 30% nos próximos 6 meses, você pode abrir uma ordem de compra, em opções, pagando mais barato, portanto, do que o preço a vista – se trata de um contrato, não o ativo em si –  para que a outra ponta venda o ativo 10% mais caro daqui a 6 meses. Caso sua suposição está correta, e o ativo realmente subiu 30%, você terá embolsado 20% de lucro na operação, pois o mercado à vista subiu o esperado, mas no âmbito das opções, o vendedor acreditou que 10% seria suficiente, sendo obrigado a te vender o ativo mesmo estando abaixo de preço do mercado.


Letra P (16/26)
Pip
O que é um pip?

Pip é um acrônimo para “porcentagem em ponto” ou “ponto de interesse do preço”. Um pip é o menor movimento de preço que uma taxa de câmbio pode fazer com base na convenção do mercado forex. A maioria dos pares de moedas tem o preço de quatro casas decimais e a mudança de pip é a última (quarta) casa decimal. Um pip é, portanto, equivalente a 1/100 de 1% ou um ponto base . 1

Por exemplo, o menor movimento que o par de moedas USD / CAD pode fazer é $ 0,0001 ou um ponto base.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Os pares de moedas Forex são cotados em termos de ‘pips’, abreviação de porcentagem em pontos.

Em termos práticos, um pip é um centésimo de um por cento, ou a quarta casa decimal (0,0001).

Os pares de moedas são normalmente cotados onde o spread bid-ask é medido em pips.

Estudo de caso

Você pode baixar o software Meta Trader gratuitamente e abrir uma conta demo e verificar por conta própria quais seriam as variações, em dólares, de acordo com o sobe e desce dos pips, em um determinado ativo, por exemplo no páreo GBP/CHF – Libra esterlina por Franco suíço.


Letra Q (17/26)
Qualidade de vida
O que é qualidade de vida?

A qualidade de vida é uma medida altamente subjetiva de felicidade, um componente importante de muitas decisões financeiras . Os fatores que desempenham um papel na qualidade de vida variam de acordo com as preferências pessoais, mas geralmente incluem segurança financeira, satisfação no trabalho, vida familiar, saúde e segurança.

As decisões financeiras podem muitas vezes envolver uma troca em que a qualidade de vida diminui para economizar dinheiro ou ganhar mais dinheiro, ou, inversamente, a qualidade de vida pode ser aumentada gastando mais dinheiro.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Qualidade de vida é um conceito relacionado ao trabalho. Ele mede os aspectos não financeiros de um trabalho que podem levar à felicidade ou infelicidade do trabalhador. Alguns fatores comuns de qualidade de vida incluem tempo livre, deslocamento diário, clima e acesso às artes e eventos culturais

Estudo de caso

Um dado econômico que mede a qualidade de vidas entre os países é o IDH (ìndice de Desenvolvimento Humano) levando em conta vários fatores, como educação, expectativa de vida, riqueza entre outros.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Letra R (18/26)
Risco
O que é risco?

O risco é definido em termos financeiros como a chance de que um resultado ou ganhos reais de investimento sejam diferentes de um resultado ou retorno esperado . O risco inclui a possibilidade de perder parte ou a totalidade de um investimento original.

De forma quantificável, o risco é geralmente avaliado considerando comportamentos e resultados históricos. Em finanças, o desvio padrão é uma métrica comum associada ao risco. O desvio padrão  fornece uma medida da volatilidade dos preços dos ativos em comparação com suas médias históricas em um determinado período de tempo.

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

O risco assume várias formas, mas é amplamente categorizado como a chance de um resultado ou ganho real do investimento ser diferente do resultado ou retorno esperado.

O risco inclui a possibilidade de perder parte ou a totalidade de um investimento.

Existem vários tipos de risco e várias maneiras de quantificar o risco para avaliações analíticas.

O risco pode ser reduzido usando estratégias de diversificação e hedge.

 

Estudo de caso.

Warren Buffet, o bilionário da bolsa americana tem uma frase conhecida: “regra número 1: nunca perca dinheiro, regra número 2: nunca esqueça a regra número 1”. Com isso vemos a importância de evitar altos riscos, que maximizam as chances de perder dinheiro, ainda que possam trazer lucros exponenciais.


Letra S (19/26)
Small Caps
O que é Small Cap?

O termo pequena capitalização descreve empresas com uma capitalização de mercado relativamente pequena . A capitalização de mercado de uma empresa é o valor de mercado de suas ações em circulação. A definição de pequena capitalização varia, mas geralmente significa uma empresa com US $ 300 milhões a US $ 2 bilhões em capitalização de mercado.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Uma pequena capitalização é geralmente uma empresa com uma capitalização de mercado entre $ 300 milhões e $ 2 bilhões. A vantagem de investir em ações de baixa capitalização é a oportunidade de vencer os investidores institucionais por meio de oportunidades de crescimento.

As ações de pequena capitalização historicamente superaram as ações de grande capitalização, mas também têm sido investimentos mais voláteis e arriscados.

 

Estudo de caso

No Brasil há um índice que acompanha a valorização das empresas que tem menor capitalização, conforme descrito acima. Cotado na data de hoje a quase R$3000,00 reais, o índice SMLL tem se valorizado mais de 40% de um ano para cá.


Letra T (20/26)
Tether (USDT)
O que é Tether (USDT)?

Tether é uma moeda baseada em blockchain cuja cryptocoins em circulação são apoiados por uma quantidade equivalente de moedas fiat tradicionais, como o  dólar , o  euro , ou o iene japonês , que são mantidos em uma conta bancária designada. Os tokens de Tether, os tokens nativos da rede Tether, são negociados sob o símbolo USDT. 1

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

Tether (USDT) é um stablecoin, um tipo de criptomoeda que visa manter estáveis ​​as avaliações das criptomoedas.

O tether é usado por investidores de criptografia que desejam evitar a extrema volatilidade de outras criptomoedas, mantendo o valor dentro do mercado de criptografia.

Em abril de 2019, o procurador-geral de Nova York acusou a controladora de Tether de esconder um prejuízo de US $ 850 milhões.  Os tokens de amarração são negociados sob o símbolo USDT.

 

Estudo de caso

Para os Brasileiros possuir um pouco de Tether, USDT, pode apresentar vantagens, haja vista que a desvalorização do real é um fato há décadas. Manter UDST e, numa data futura trocá-lo por real pode se configurar em uma forma de investimento, já que seu valor acompanha o dólar. Este pode ser adquirido em corretoras de Criptomoedas.


Letra U (21/26)
USD
O que é USD?

O USD é a abreviatura de US Dollar, a moeda oficial dos Estados Unidos da América e a principal moeda de reserva mundial .

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

O USD é a abreviatura do dólar americano, a moeda oficial dos Estados Unidos da América e a principal moeda de reserva mundial. O USD é a moeda mais negociada no mercado internacional de câmbio, o que facilita o câmbio global e é o maior mercado financeiro do mundo, com volume médio diário de mais de US $ 5 trilhões.

O dólar americano representa aproximadamente 88% de todas as transações de câmbio, de acordo com um relatório do Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) de 2016.

Estudos de caso

Tendo a possibilidade de trazer segurança e prosperidade para as nações, utilizado com falta de escrúpulo, o dólar americano também pode se tornar uma ferramenta para grandes crises, como a bolha imobiliária de 2008. Alguns teóricos afirmam que o Bitcoin, pode trazer uma alternativa das moedas fiat money tradicionais, uma vez que é mais transparente e apresenta escassez real em sua quantidade de oferta, o que é impossível ocorrer com as moedas tradicionais, cujo volume real e quantidade ninguém sabe identificar, cabendo aos governos imprimir a quantidade que quiser trazendo inflação e parcialidade na detenção deste ativo.

 

Letra V (22/26)
Value Investing
O que é investimento em valor?

O investimento em valor é uma estratégia de investimento que envolve a escolha de ações que parecem estar sendo negociadas por menos do que seu valor intrínseco ou contábil. Os investidores em valor buscam ativamente ações que acham que o mercado de ações está subestimando. Eles acreditam que o mercado reage exageradamente a boas e más notícias, resultando em movimentos de preços de ações que não correspondem aos fundamentos de longo prazo de uma empresa . A reação exagerada oferece uma oportunidade de lucrar comprando ações a preços com desconto – à venda.

Warren Buffett é provavelmente o investidor de valor mais conhecido hoje, mas existem muitos outros, incluindo Benjamin Graham (professor e mentor de Buffet), David Dodd, Charlie Munger , Christopher Browne (outro aluno de Graham) e o gerente bilionário de fundos de hedge , Seth Klarman.

 

PRINCIPAIS VANTAGENS

O investimento em valor é uma estratégia de investimento que envolve a escolha de ações que parecem estar sendo negociadas por menos do que seu valor intrínseco ou contábil.

Os investidores em valor buscam ativamente ações que acham que o mercado de ações está subestimando.

Os investidores em valor usam análises financeiras, não seguem o rebanho e são investidores de longo prazo em empresas de qualidade.

Estudo de caso

Uma das métricas que analistas utilizam para determinar se uma empresa está sub apreciada, com oportunidades para compra com desconto é traçar uma relação entre valor patrimonial com o patrimônio Líquido da Empresa (VPA). Por exemplo, por este valor contábil, podemos afirmar que as ações da Copel estão subvalorizadas, pois seu patrimônio líquido, até a data desta publicação era de R$19.959.100.000, dividido pelo número de ações emitidas, as quais são 2.736.550.000, nos informa que as ações poderiam estar no valor aproximado de R$7,29, no entanto, está sendo cotada a R$6,32.


Letra W (23/26)
World Economic Forum – Fórum Econômico Mundial
O que é o Fórum Econômico Mundial?

O Fórum Econômico Mundial (WEF) é uma organização internacional com sede em Genebra, Suíça, que reúne seus membros anualmente para discutir as principais questões relacionadas à economia política mundial. Isso inclui, mas não está limitado a questões de política, economia, questões sociais e ambientais.

PRINCIPAIS VANTAGENS

O Fórum Econômico Mundial é uma organização internacional com sede em Genebra que discute questões relativas à economia política global. A organização é financiada por meio de seus próprios membros, que incluem líderes da indústria, políticos, pensadores e acadêmicos, bem como celebridades e indivíduos interessados.

A cada ano, o Fórum Econômico Mundial realiza sua reunião anual em Davos, Suíça, atraindo importantes líderes e pensadores mundiais.

Estudo de caso

Abaixo o atual ministro da economia em uma de suas palestras no Fórum Economico Mundial https://www.youtube.com/watch?v=XiOyh54gMq4 

Letra X (24/26)
XRT (Ex dividendos)
O que é XRT?

XRT é uma extensão impressa após o símbolo de ação de uma ação. Isso indica que as ações estão sendo negociadas ex-dividendos.(XRT é uma abreviatura para a palavra ex-dividendos.) Ex-dividendos significa que o comprador das ações não tem mais o direito de comprar mais ações a um preço mais baixo porque esses direitos expiraram. O XRT é impresso na fita do ticker – ou exibido no ticker eletrônico – para maior clareza e para evitar disputas ou confusão sobre onde os direitos permanecem atualmente. 

XRT é também o símbolo do SPDR S&P Retail Exchange-traded Fund (ETF). Este é um fundo de índice que acompanha um índice de base ampla e ponderada de ações do setor de varejo dos EUA. 

PRINCIPAIS VANTAGENS

XRT é uma extensão impressa após o símbolo de ação para uma ação que indica que a ação está sendo negociada em uma base ex-dividendos.

Ex-direitos significa que o comprador das ações não tem mais o direito de comprar mais ações a um preço inferior porque esses direitos expiraram.

O XRT é impresso na fita do ticker – ou exibido no ticker eletrônico – para maior clareza e para evitar disputas ou confusão sobre onde os direitos permanecem atualmente. 

 

Estudo de caso

Há investidores que montam uma espécie de calendário a fim de comprar ações um pouco antes do pagamento de dividendos a fim de serem remunerados pelo pagamentos de dividendos, para algumas semanas ou meses depois dela sair. É uma abordagem especulativa, não considera valor intrínseco e extrínseco da empresa.


Letra Y (25/26)
Yield – rendimento
O que é um rendimento?

O rendimento refere-se aos ganhos gerados e realizados em um investimento durante um determinado período de tempo. É expresso como uma porcentagem com base no valor investido, no valor de mercado atual ou no valor de face do título. Inclui os juros ganhos ou dividendos recebidos pela detenção de um determinado título. Dependendo da avaliação (fixa vs. flutuante) do título, os rendimentos podem ser classificados como conhecidos ou antecipados.

PRINCIPAIS VANTAGENS

O rendimento é uma medida de retorno de um investimento durante um determinado período de tempo, expresso como uma porcentagem.

O rendimento inclui aumentos de preços, bem como quaisquer dividendos pagos, calculados como o retorno líquido realizado dividido pelo valor do principal (ou seja, valor investido).

Rendimentos mais altos são percebidos como um indicador de risco menor e renda mais alta, mas um rendimento alto pode nem sempre ser positivo, como no caso de um rendimento de dividendos crescente devido à queda do preço das ações.

Estudo de caso

Há uma gama de investidores que somente compram ações “boas pagadoras de dividendos” a fim de gerar uma renda passiva, de forma consistente. Há empresas que não pagam dividendos mas prometem, em contrapartida, crescimento exponencial ao longo do tempo.


Letra Z (26/26)
Zona de suporte
O que é uma zona de suporte?

Zona de suporte refere-se a uma zona de preço atingida quando o preço de um título caiu para uma mínima prevista, conhecida como nível de suporte . Os traders geralmente usam análises técnicas para identificar uma zona de suporte. A zona de suporte em um gráfico mostra um limite inferior que a ação não ultrapassou anteriormente. No nível de suporte, a oferta supera a demanda e o volume geralmente é baixo.

PRINCIPAIS VANTAGENS

Uma zona de suporte é quando o preço de um título cai para uma mínima prevista, conhecida como nível de suporte.

Uma zona de suporte é um limite inferior que o estoque não ultrapassou anteriormente.

Uma zona de suporte fornece áreas de alta probabilidade onde uma reversão ou continuação da tendência pode ocorrer.

Estudo de caso

Por exemplo, o preço do bitcoin dificilmente caiu mais que 20% de sua última máxima, e esta poderia ser considerada uma zona de suporte, uma indicativa de entrada para traders de análise gráfica. Na data da publicação desta matéria o valor está 12% abaixo da última máxima, de $63.000,00 para $55000.00, caso haja uma ordem de compra limitada com mais 10% de “desconto” há maiores probabilidades de um investidor conseguir bons rendimentos, no momento da venda, alguns dias mais tarde.

Conclusão
Os diversos termos e vocabulário específico da área de finanças pode parecer meio confuso no início, muitos deles vem de áreas correlatas como a economia, matemática e administração, no entanto, vão se tornando mais claros na medida em que o indivíduo se aproxima dos mercados financeiros, sejam estes centralizados ou descentralizados.

Fonte: investopedia.com (adaptado)

Sobre o Autor

Fernando Pinheiro administrator

Fernando Pinheiro é formado em Administração de Empresas com especialização em Gestão Empresarial. Professor convidado em várias Universidades do Noroeste e Norte do Paraná, montou este blogue sobre Finanças e Investimentos para ajudar a você se tornar mais próspero.

Deixe uma resposta