Arquivo de tag economizar luz

porFernando Pinheiro

15 dicas de como economizar dinheiro

Neste artigo elencamos 15 dias de como economizar dinheiro e, como bônus, trazemos em anexo uma cartilha do Procon de São Paulo com dicas de como economizar com água, luz e supermercado, por meio de elaboração de um orçamento doméstico, aproveite.

Todos nós temos boas intenções quando se trata de economizar dinheiro, certo? Dizemos a nós mesmos que começaremos a economizar assim que atingirmos um determinado marco, como quando atingimos uma idade específica, recebemos um aumento ou quando Jimmy (finalmente) sai do porão.

Mas, na realidade, você só começará a economizar dinheiro quando desenvolver hábitos de dinheiro saudáveis ??e suas necessidades futuras se tornarem mais importantes do que os seus desejos atuais . Muitas vezes, nosso objetivo de economizar dinheiro não é uma prioridade grande o suficiente para atrasar a compra desse novo smartphone, mesa da cozinha ou TV. Portanto, gastamos nossos dólares fora – ou pior – contraímos dívidas para alimentar nosso último ataque de “quero-isso”.
Essa dívida se transforma em pagamentos mensais que controlam nossos contracheques – e nossas vidas.

Parece esmagador, certo? Não precisa ser assim. Com alguns ajustes nas suas prioridades de gastos, você estará no caminho mais rápido para economizar dinheiro em pouco tempo.

Confira nossas 15 dicas para economizar dinheiro:

1. Diga adeus à dívida.
Os pagamentos mensais da dívida são o maior obstáculo para economizar dinheiro. Dívida rouba sua renda! Então é hora de você se livrar dessa dívida. Portanto, antes de querer investir, se concentre em pagar as dívidas, até porque, sem a pagar, os juros dos investimentos podem não cobrir os juros das dívidas certo?. É aqui que você paga suas dívidas, da menor para a maior. Parece meio intenso, certo? Não se preocupe, é mais uma mudança de comportamento do que números.
Depois que sua renda é liberada, você pode finalmente usá-la para progredir em direção às suas metas de economia.

2. Reduzir as compras.
A maioria das pessoas – depois de fazer um orçamento – fica chocada ao descobrir quanto está gastando na mercearia todos os meses. Se você faz parte de uma família comum, pode estar gastando em média R$600,00 por mês com mercearia ou mercado. É fácil caminhar por esses corredores, pegando um saco de bolacha, pães, doces, frutas, comida para os cães ou gatos, e depois ainda com os presentes divertidos no caixa. Mas essas pequenas compras
aumentam bastante e acabam exagerando no orçamento todos os meses.

Economize em mantimentos planejando suas refeições todas as semanas e dando uma boa olhada no que você já tem em sua despensa antes de ir para a loja. Porque por que você quer comprar mais do que você já tem? Você também pode deixar as crianças em casa para ficar mais perto da sua lista.

3. Cancele assinaturas e associações automáticas desnecessárias.
Provavelmente, você está pagando por várias assinaturas, como Netflix, Hulu, Spotify, associações de ginástica, caixas de assinatura modernas e Amazon Prime. É hora de cancelar as assinaturas que você não usa regularmente. E certifique-se de desativar a “renovação automática” ao fazer uma compra.  Se você cancelá-lo e decidir que não pode ficar sem ele, assine novamente, mas apenas se ele se encaixar no seu novo (e aprimorado) orçamento.

Considere o compartilhamento de associação com alguns familiares ou amigos nas assinaturas que você deseja manter por perto. Muitos serviços de streaming, como Netflix e Hulu, permitem assistir a seus programas favoritos em duas ou mais telas (com uma conta atualizada). Dessa forma, todo mundo ganha – e salva!

4. Compre genérico.
Na maioria dos casos, a única coisa melhor nos produtos de marca é o marketing. Quero dizer, olhe para essa caixa! Marcas genéricas de remédios,
alimentos básicos (como arroz e feijão), material de limpeza e produtos de papel custam muito menos do que seus nomes de marca e amigos marcados –
e eles funcionam tão bem quanto.

5. Corte os laços com o cabo.
Não é segredo que os preços do cabo continuam subindo. O preço médio mensal da TV a cabo é de cerca de R$100,00 por mês – o que representa mais de R$1.200,00 por ano! 2 Aqui estão as boas notícias: o cabo não é a única maneira de assistir aos seus programas favoritos atualmente. Corte o cabo e descubra como economizar muito com alternativas ao cabo, como aplicativos de rede e serviços de streaming.

6. Economize dinheiro automaticamente.
Você sabia que pode economizar dinheiro sem pensar nisso? Sim – você pode configurar sua conta bancária para transferir automaticamente fundos da sua conta corrente para uma conta poupança todos os meses. Se isso lhe parecer assustador, você também pode configurar seu depósito direto para transferir  automaticamente 10% de cada salário para sua conta poupança. Muito bom, certo?

7. Gaste renda extra ou inesperada com sabedoria.
Quando você receber um bom bônus de trabalho (caminho a percorrer!), Herança ou reembolso de impostos, faça bom uso. E quando dizemos “bom uso”, não estamos falando em adicionar esse novo selo sofisticado à sua coleção de selos ou mesmo em colocá-lo no banco.

Se você ainda tem dívidas em sua vida, será melhor usar esses fundos para pagar seus empréstimos e financiamentos ou o saldo do seu cartão de crédito, em vez de guardar esse dinheiro. Se você não tem dívidas, use esse dinheiro extra para criar seu fundo de emergência – você sabe, para emergências.

8. Reduza os custos de energia.
Você sabia que pode economizar na sua conta de energia elétrica apenas fazendo alguns ajustes na sua casa? Comece com algumas coisas simples, como tomar banhos mais curtos (não, não dissemos menos), consertar tubos com vazamentos, lavar suas roupas em água fria da torneira e instalar interruptores mais escuros
e lâmpadas LED.

Embora os aparelhos novos e com baixo consumo de energia sejam uma ótima maneira de economizar dinheiro em sua conta de energia elétrica , eles são caros! Mas, se você trabalhar no seu orçamento mensal, poderá pagar em dinheiro por essas pequenas melhorias.

9. Coma menos fora.
Em especial no Brasil, país tropical as pessoas tendem a sair mais de casa e, gastar cada vez que sai, opte por se alimentar antes de sair de casa, tomar um café, almoçar ou algo do gênero, pois o valor de uma prestação de carro pode ficar nos bares e restaurantes se gastar toda vez que sair

10. Pedir emprestado – não compre.
Precisa de um aparador de árvores para um trabalho no quintal de um fim de semana ou de um liquidificador portátil para fazer um lote de sopa? Peça emprestado a um amigo ou vizinho, em vez de fazer uma visita à loja.

11. Leve o almoço com você.
Uma alternativa para conseguir comer menos fora é levar a refeição conosco, em especial se o horário de almoço, no trabalho por curto. Comprar o almoço algumas vezes por semana pode parecer inofensivo no momento (especialmente quando o seu restaurante favorito fica a uma curta distância do escritório), mas você pode economizar bastante dinheiro apenas fazendo um lanche!

Além disso, você pode comprar mantimentos de uma semana pelo mesmo preço de duas refeições. Em vez disso, prepare sua comida em casa e observe suas economias  se acumularem, mês a mês.

12. Pergunte sobre descontos (e pague em dinheiro).
Você nunca sabe até pedir – e sempre deve perguntar. Da próxima vez que você comprar ingressos em um cinema, museu ou evento esportivo, verifique se eles têm descontos especiais para idosos, estudantes, professores, militares doadores de sangue etc. Caso contrário, nunca subestime o poder de negociação do dinheiro!

13. Aproveite para abrir uma conta em corretora.
É gratuito abrir uma conta em uma corretora e, suas economias, em vez de guardadas debaixo do colchão ou na conta poupança, terá muito mais chances de render numa corretora, já que oferece portfólio de investimentos mais amplos, a partir de meros R$50,00

14. Abaixe sua conta de telefone celular.
Se a sua fatura mensal de celular concorrer com o seu orçamento mensal de supermercado, é hora de encontrar maneiras de reduzir. Economize dinheiro no seu serviço celular, livrando-se de extras como planos de dados caros, seguro por telefone e garantias desnecessárias. E não tenha medo de pechinchar ou mudar  completamente de provedor! Pode exigir um pouco de persistência e pesquisa, mas as economias valem a pena.

15. Tente um congelamento de gastos.
Não compre itens não essenciais por uma semana ou até um mês! Pense nisso como um desafio de contentamento . Enquanto você faz isso, faça um inventário do que agradece a cada dia. Isso deve ajudar a chutar seus “desejos” nas calças!

Como bônus, segue um “guia de economia e orçamento doméstico, realizado pelo Procon de São Paulo

Faça o download do guia neste link.